Travel, food and portuguese things. N'coisas nossas






94.º aniversário de Amália Rodrigues celebrado hoje!

Amália nasceu a 23 de julho de 1920. Hoje há música na na Igreja de São Roque para celebrar este dia, com a voz de Teresa Salgueiro, ex-vocalista dos Madredeus.

Cantora, atriz, mas acima de tudo fadista, Amália foi a primeira mulher a entrar no Panteão Nacional.  
Habitualmente aclamada como a voz de Portugal, tornou-se conhecida mundialmente como a Rainha do Fado.

Morreu a 6 de outubro de 1999. 

Ouça aqui a fadista! 

Fado Português

O Fado nasceu um dia,
quando o vento mal bulia
e o céu o mar prolongava,
na amurada dum veleiro,
no peito dum marinheiro
que, estando triste, cantava,
que, estando triste, cantava.

Ai, que lindeza tamanha,
meu chão , meu monte, meu vale,
de folhas, flores, frutas de oiro,
vê se vês terras de Espanha,
areias de Portugal,
olhar ceguinho de choro.

Na boca dum marinheiro
do frágil barco veleiro,
morrendo a canção magoada,
diz o pungir dos desejos
do lábio a queimar de beijos
que beija o ar, e mais nada,
que beija o ar, e mais nada.

Mãe, adeus. Adeus, Maria.
Guarda bem no teu sentido
que aqui te faço uma jura:
que ou te levo à sacristia,
ou foi Deus que foi servido
dar-me no mar sepultura.

Ora eis que embora outro dia,
quando o vento nem bulia
e o céu o mar prolongava,
à proa de outro veleiro
velava outro marinheiro
que, estando triste, cantava,
que, estando triste, cantava.

Foto de Amália tirada em 1954 / Silva Nogueira/Museu do Teatro 

 2014-07-23

Fado Português por Amália

N'ideias
portugal ZOOM
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria