Travel, food and portuguese things. N'coisas nossas






Abril frio e molhado, enche o celeiro e farta o gado.
Abril, Abril, está cheio o covil.
Em Abril águas mil.
Em Abril queima a velha o carro e o carril.
Em Abril, cada pulga dá mil.
A sardinha de Abril é vê-la e deixá-la ir.
A três de Abril o cuco há-de vir e se não vier a oito, está preso ou morto.
Abril chuvoso, Maio Ventoso, fazem o ano formoso.
Inverno de Março e seca de Abril, deixam o lavrador a pedir.
No princípio ou no fim, costuma Abril a ser ruim.
Quando vem Março ventoso, Abril sai chuvoso.
Abril frio e molhado, enche o celeiro e farta o gado.
Abril molhado, ano abastado.
Quem em Abril não varre a eira e em Maio não rega a leira, anda todo o ano em canseira.
Uma água de Maio e três de Abril valem por mil.
Em Abril a Natureza ri.
Em Abril abre a porta à vaca e deixa-a ir.

 

Provérbios

Abril
portugal ZOOM
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria