Travel, food and portuguese things. N'coisas nossas






A partir de hoje já pode dormir dentro de uma escultura, literalmente. A obra, da criadora Gabriela Gomes, está situada no Parque De almourol, em Vila Nova da Barquinha, e é construída com cortiça nacional.
Até Outubro, uma estada artística para dois custa 45€ por noite. 

Chama-se Shelter (abrigo, refúgio) e é um projeto que traz para o espaço público um "objecto escultórico habitável" que pretende "converter objectos escultóricos em objectos de design", transformando-os em produtos do quotidiano.
Na realidade, é um autêntico alojamento turístico, com quarto duplo, hall e um wc integrado (com duche). Pensado para o conforto e a privacidade dos utilizadores, a componente estética não fica, contudo, esquecida sendo um dos pontos fortes do conceito. 

Formado por dois arcos que formam uma área de 2,30m por 6,45m, esta espécie de casulo/quarto "cruza a escultura, o design e a arquitectura”, querendo desafiar “novas experiências de espaço” e questionar “relações de fruição artística e de habitação"'.
A obra não só pretende oferecer uma experiência "inovadora e inesperada" como também tem preocupações ambientais, sendo garantida a sua sustentabilidade pela "utilização de materiais não poluentes e recicláveis e a ecoeficiência energética pelo uso da energia solar". Por exemplo, há 40 pequenos painéis solares que se adaptam à curvatura do Shelter e alimentam a luz elétrica (sendo que a iluminação é feita coim lâmpadas LED) através de baterias.

A mobilidade, associada à característica temporária da instalação, torna-o um “objecto itinerante” - numa primeira fase foi instalado e apresentado na Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura, mas a sua fácil deslocação num TIR permitirá que circule por outros lugares sem necessidade de infraestruturas.


O parque onde mora atualmente esta escultura-quarto foi inaugurado no ano passado. Ali, "em pleno parque verde com cerca de sete hectares", existem "esculturas ao ar livre, espaços lúdicos para as crianças e percursos ribeirinhos, tudo enquadrado numa área de prado natural a escassos metros do rio Tejo". 
O "melhor da escultura contemporânea portuguesa”, marca presença com trabalhos de Alberto Carneiro, Ângela Ferreira, Carlos Nogueira, Cristina Ataíde, Fernanda Fragateiro, Joana Vasconcelos, José Pedro Croft, Pedro Cabrita Reis, Rui Chafes, Xana e Zulmiro de Carvalho.

As reservas (45€ por uma noite para dois) podem ser feitas no posto de turismo da Barquinha, via os números de telefone 916910739 ou 915081737 e pelo e-mail posto.turismo@welcome-to.pt

Mais informações nos sites do Shelter  e do Parque de Escultura 

A sensação de Dormir numa Escultura

Vila Nova da Barquinha
portugal ZOOM
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria