Travel, food and portuguese things. N'coisas nossas






Orgulhosas da sua singularidade, assim são as Bolachinhas de Sousel. Na alma e no sabor dão vida à tradição e às raízes alentejanas, mas também às ousadias de Ana Maratá, a empreendedora que as colocou à mesa dos portugueses.

De várias formas e feitios (estrelas, quadradas, retangulares, redondas), podem ser doces e salgadas e são recheadas de elementos distintivos de uma região que, para nós, é irresistível!
Artesanais e únicas, as bolachinhas de Sousel têm todas nomes próprios. As doces: as Espirituosas, as Campesinas, as Miguelinhas, as Melosas, as Oradas e as Alentejanas (campeãs de vendas!). As salgadas: as Atrevidas.
Os ingredientes que as identificam, sabem a Alentejo: azeite, alecrim, alfazema, mel&alecrim, manteiga, aveia, queijo e oregãos, respetivamente.
Confessamos que quando nos sentamos com as nossas bolachas - uma "ementa" de sabores aconchegada em saquinhos transparentes (ou em caixinhas beijadas pela flor do sol) - não resistimos a provar de todas… E não mais parámos…. Hummmm!! São deliciosas!


As Miguelinhas, com sabor e aroma a alfazema.


As Melosas, com sabor a mel&alecrim

As diferentes variedades são "“Beijadas pela flor do sol, tocadas pelo amor, feitas com tradição, mas todas a saber a Alentejo”.

Bolachinhas de Sousel no Facebook

Fotos via facebook
2014-02-19

Bolachinhas de Sousel

N'sabores
portugal ZOOM
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria