Travel, food and portuguese things. N'coisas nossas






O eN "assaltou" o castelo de Sortelha e as ruas de uma das mais portuguesas, e mais bonitas, aldeias de Portugal. Casas de granito encostadas umas às outras, com uma história em comum, e uma vista que respira liberdade sobre o velho inimigo Espanha apaixonam os "eNexploradores".

Chegamos a Sortelha, no concelho de Sabulgal, e parece que entramos na máquina do tempo, mergulhando no Portugal que ainda segreda tradição. As casas são cinzentas de granito maciço, com um ou dois andares, os telhados vermelhos ordenados em fila e mesmo quem não gosta de andar a pé, rende-se ao charme desta vila fronteiriça de fundação medieval (com foral concedido em 1228).
O nome Sortelha (que vem do latim Sortilia e significava anel de sortilégio) expressa bem a muralha circular que serpenteia a aldeia antiga, protegendo-a dentro de um anel. O castelo domina toda a vila e os campos em redor. Ali avista-se uma outra arquitetura, bem diferente da que está dentro das muralhas, que veste a nova aldeia que vai surgindo mais abaixo, dispersa pela colina.
Entramos nas ruas de calçada medieval e, calmamente, atravessamos o casario até ao ponto mais elevado da vila. No caminho, conversámos com os habitantes e ouvimos histórias de outros tempos. "Perdemo-nos" de amores por cada pedra repleta de autenticidade, cada detalhe único de casas que parecem saídas de um conto de fadas.






















CHEGAR A SORTELHA...

Partindo da Covilhã, siga pelo IP2 em direcção à Guarda. Depois, vire na Estrada 18-3 e passe por Caria e Santo Amaro. Seguidamente, vire à esquerda e siga as placas que indicam Sortelha.

2012-11-13

Na rota das nossas aldeias

Sortelha: pedras de história
portugal ZOOM
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria