Travel, food and portuguese things. N'coisas nossas / Etc e Tal

Etc e Tal


2012-07-12

Moscatel português entre os três melhores do mundo


O Moscatel do Douro Doc 1980, da Adega de Favaios, é o terceiro melhor do mundo, de acordo com um painel de mais de 50 enólogos.
Esta é a segunda vez consecutiva que um moscatel da Adega de Favaios entra no top 10 mundial. Além do título de “terceiro melhor do mundo”, o Moscatel do Douro Doc 1980 foi ainda galardoado com uma medalha de Ouro. O Moscatel 10 anos, presença assídua nas competições internacionais, levou para a Adega de Favaios a quarta medalha de ouro consecutiva.
A avaliação oficial acaba de ser dada pelo concurso internacional «Muscats du Monde», que vai na 12ª edição e ao qual concorreram mais de 232 moscatéis, provenientes de cerca de 24 países, explica uma nota divulgada esta quarta-feira.

“O Moscatel do Douro Doc 1980 por si só pode e deve ser degustado de forma isolada, mas se o quiser acompanhar com uma típica sobremesa portuguesa não o deixe de experimentar com a variada doçaria conventual. “, afirma o enólogo Miguel Ferreira, citado na nota distribuída à imprensa pela adega transmontana.

O painel de provas do «Muscats du Monde» é composto por 55 juízes. Este ano, "apenas 33% dos vinhos foram distinguidos com medalhas, num concurso conhecido por focar-se somente nos melhores Moscatéis do mundo para prova", refere a mesma fonte.
As outras duas medalhas de ouro foram entregues ao Moscatel de Setúbal do Malo 2009, da MALO - Tojo Estates, ao Moscatel de Setúbal Do, produzido pela Venâncio da Costa Lima Lda.
Quanto às pratas, foram conquistadas pelo Moscatel de Setúbal Doc 1996 da SIVIPA, Sociedade Vinícola de Palmela, pelo Moscatel de Setúbal Do - Adega de Pegões 2010, da Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões e pelo Moscatel de Setúbal Doc Reserva António Saramago 2007, da António Saramago Vinhos.
portugal ZOOM
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria