Travel, food and portuguese things. N'coisas nossas / Etc e Tal

Etc e Tal


2012-07-25

Turismo no Alto Minho

Quebras no Alto Minho reforçam vontade de promoção própria da região

O presidente da Câmara de Viana do Castelo admite a necessidade de retomar o Alto Minho como marca turística própria, dada a insatisfação da região com a promoção realizada pelo Turismo do Porto e Norte de Portugal.

Para José Maria Costa, o trabalho que se andou a "amealhar" durante anos está a ser "descapitalizado".

O autarca reagia desta forma à quebra no crescimento da atividade turística entre 2005 e 2010, identificada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), demonstrando a «insatisfação» da região com a promoção realizada pelo Turismo do Porto e Norte de Portugal.

«Com o Porto e Norte de Portugal o Alto Minho diluiu-se e com isso perdemos capacidade de promoção. Não estamos satisfeitos com a promoção que tem sido feita, sabe-nos a pouco», afirma José Maria Costa, lamentando que esta quebra ainda não tenha sido explicada.

Segundo esse estudo, há uma quebra de 0,4 por cento no distrito de Viana do Castelo, mas também na região do Douro (-0,1 por cento), enquanto que todas as restantes regiões do Porto e Norte registaram subidas, chegando a um crescimento médio geral de 5,2 por cento.

A Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte tem a sua sede no Forte de Santiago da Barra, na cidade de Viana do Castelo, onde antes funcionava a Região de Turismo do Alto Minho.

portugal ZOOM
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria