Travel, food and portuguese things. N'coisas nossas / Etc e Tal

Etc e Tal


2014-04-29

Espanhóis voltam a eleger Portugal como o "melhor país"

Portugal conquistou pelo segundo ano consecutivo o prémio decidido pelos leitores da edição espanhola da revista "Condé Nast Traveler".

"A noite portuguesa, os cafés mais saborosos, a delícia dos fados, a cataplana ou o bacalhau, os vinhos...", escreve-se no site da revista a propósito da vitória de Portugal nos prémios da Condé Nast Traveler (CNT) 2014. Estas serão algumas das qualidades lusas que seduzem os turistas espanhóis.

Apontam-se mesmo alguns destinos que decerto terão contribuído para a segunda vitória consecutiva nos galardões anuais da revista: "Lisboa, Porto, Algarve, Coimbra, mas também o Alentejo, Sintra, Comporta...". "A lista", prosseguem, "é interminável" e o "encanto" faz-se de "uma beleza intacta". Em alta, a gastronomia, cultura, História, as praias, além de “um povo afável, aberto e muito sincero”.

Os prémios, que nesta 6.ª edição se repartiram por duas dezenas de categorias, foram votados online pelos leitores da CNT espanhola. Além de Portugal, houve distinções, entre outros, para Madrid (melhor cidade espanhola) ou Istambul (melhor cidade fora de Espanha) e Baleares (melhores ilhas), Emirates (melhor companhia aérea) ou Crystal Cruises (melhor em cruzeiros).

Para o Turismo de Portugal a distinção conquistada pelo país "reforça a visibilidade de Portugal como destino turístico de excelência junto de Espanha", segundo disse o presidente daquele organismo, João Cotrim de Figueiredo, na cerimónia de entrega dos prémios, que decorreu na quinta-feira em Madrid, no Parque do Retiro. "Destaco ainda, com orgulho, o facto de as qualidades únicas dos portugueses no contacto e receção aos turistas, marcando-os pela positiva e motivando-os a regressar, ser um dos aspetos valorizados e que muito contribuiu para a obtenção de mais este prémio", afirmou, citado pela Lusa.

Espanha, sublinhou Figueiredo, é um dos principais países emissores de turistas para Portugal: foi responsável, em 2013, por mais de 3 milhões de dormidas e mais de mil milhões de euros em receitas.

Notícia via P3 
Foto: Pedro Vilela 
portugal ZOOM
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria
Não existem banners nesta categoria